O universo do marketing de conteúdo e suas infinitas possibilidades é de fato encantador. Tanto que já deixou de ser tendência para ser prática constante de pequenos e grandes negócios.

Desde empresas gigantescas com marcas consolidadas até a estudante que resolveu fazer brigadeiro gourmet fazem uso do marketing de conteúdo dentro de suas estratégias de inbound marketing. Dá certo. É viável para qualquer tamanho de negócio de qualquer segmento. Há milhares de cases de sucesso.

Mas é preciso atenção. Não se faz marketing de conteúdo de qualquer jeito. Há erros, comuns, que precisam ser evitados.

Nesse artigo vamos abordar algumas coisas que não podemos fazer em marketing de conteúdo.

Marketing de conteúdo: reforçando o conceito

A gente já falou sobre marketing de conteúdo antes. O que é, para que serve e soluções que ele pode oferecer para o seu negócio. Mas não custa um reforço, não é?

O marketing de conteúdo não é uma estratégia que caminha sozinha. Ele precisa estar atrelado a um planejamento de inbound marketing (quando o objetivo é prioritariamente captar novos consumidores) ou de marketing digital simplesmente (foco em divulgação e relacionamento).

Para cada uma delas, há uma forma de construir o conteúdo e um formato de dispô-lo para as personas de interesse. É importante oferecer ao seu consumidor em potencial conteúdos relevantes que o levem a entender o problema existente e a encontrar em você a solução necessária.

O que não fazer em marketing de conteúdo

Na ânsia de aplicar o marketing de conteúdo no seu negócio, você pode, por vezes, meter os pés pelas mãos. Para evitar, elaboramos uma listinha de alguns erros comuns que você deve se policiar para não cometer.

  • Marketing de conteúdo é de graça: O mais básico deles é achar que sendo ações no ambiente da internet não há custos. Há sim. Mas são custos voltados para um investimento que gera resultados e cabe no seu bolso. A partir do entendimento desse erro, é mais fácil entender e não cometer os demais.

  • Qualquer um faz marketing de conteúdo: se você parte dessa premissa, podemos concluir que qualquer um também faz o que você faz, certo? Errado. Todo negócio precisa ser único para se diferenciar e atrair clientes. Com o marketing de conteúdo é a mesma coisa. Ele precisa ser feito por profissionais que entendem de técnicas de SEO, por exemplo. Que entendam sobre produção de conteúdo (desde texto a arte e vídeo). Por isso, cuide do seu negócio e contrate profissionais para cuidar do marketing de conteúdo para você.

  • O conteúdo não é sobre você: apesar do uso do conteúdo ter como finalidade atrair clientes para o seu negócio, ele não deve ser sobre você, seu negócio ou sua marca. Do contrário você faria publicidade tradicional. O conteúdo é sobre o interesse da sua persona. O que ela quer. O que é do interesse dela. Do que ela precisa.

Imagine que seu negócio é uma pizzaria. Você não deve criar blogposts e mais blogposts falando o quanto sua pizza é maravilhosa. Você vai criar conteúdo que fale da história da pizza. De receitas para molhos caseiros. Do costume de comer fatia de pizzas com a mão. E por aí vai.

A partir daí você desperta o interesse, atraia e engaja pessoas. O próximo passo é elas se tornarem não só consumidoras da sua pizza, mas divulgadoras, compartilhando tudo sobre você.

Há mais erros possíveis e até fáceis de se cometer quando o assunto é marketing de conteúdo. Para ter mais acesso a esse tipo de conteúdo, esperamos você em nossas redes sociais.